segunda-feira, 26 de abril de 2010

Minhas boas lembranças

Sei que te amo
Sei que te quero
Sei o quanto te prezo ao meu lado
Mas não depende só de mim
Nisso depende do 1 ser par
Mas mesmo assim ainda ser indivisível
Mas nunca seremos par indivisível
Pares são sempre divisíveis
Eu me esqueci
Fiquei cego na tentativa de provar o contrario
E não enxerguei o obvio
Não enxerguei que eu não estava certo
Apesar de estar
E sei disso
Porem quem não queria ser indivisível era você
Sempre imparcial
Irredutível
E no final acabou se tornando importante demais para ser esquecida
Esforcei-me a crer que queria
Esforcei-me a ver o que queria
Esforcei-me demais
Não queria te esquecer, mesmo sabendo que precisava
Não queria te abandonar, mesmo sabendo que necessitava
Mas agora percebo que te esquecer ou abandonar nao vai ser o suficiente
Você estará sempre guardada em mim como uma lembrança
Lembrança de bons tempos
Bons momentos

Um comentário:

  1. Bonito desabafo, te entendo perfeitamente!
    é tenso Juju, é tenso! =S

    ResponderExcluir